https://www.youtube.com/watch?v=_YhUdMmTC88&feature=youtu.be

 

Vídeo 9/2017 Este vídeo, da Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR), melhor contextualiza a questão da progressão horizontal por antiguidade, entre referências, que a princípio suscitou preocupação entre a categoria. A comparação entre as tabelas vigentes e propostas (https://goo.gl/4yi9A5), permite interpretar que as tabelas propostas pelo governo preveem interníveis de dois anos (à exceção da progressão da C1 para C2), com internível de no mínimo três por cento, logo, em tese, não haverá prejuízo da progressão horizontal por antiguidade interníveis.

Este vídeo também é divulgado no Destaques da Afisa-PR (https://goo.gl/fGTdtr).