Afisa-PR

Insegurança alimentar: como a África do Sul é assolada pelo maior surto de listeriose do mundo

A listeriose, que tem alto índice de mortalidade, causa um impacto devastador em toda a indústria da carne sul-africana. Enquanto isso no Brasil, vários atores fomentam a "autorregulação" privada da carne em prejuízo da segurança alimentar e do interesse público

 

Listeriose Africa do Sul

 

Segundo a notícia Health minister fears world’s worst listeriosis outbreak has yet to peak (por Dan Flynn) da Food Safety News de 16 de março de 2018, o maior surto de listeriose do mundo que ocorre na África do Sul ainda não acabou e provavelmente fará mais vítimas.

Há dez dias, o ministro da saúde da África do Sul, Aaron Motsoaledi, anunciou que a fonte do surto de listeriose é uma planta frigorífica da Tiger Brands Enterprise em Polokwane. Desde então, essa fábrica reconheceu o relatório oficial do departamento de saúde sul-africano que confirma a presença da cepa bacteriana ST6 na sua instalação de Polokwane. A líder do partido socialista Andile Mngxitama, disse que as mortes de surtos equivalem a "assassinato". Ele disse que a Enterprise Foods foi cúmplice em um encobrimento corporativo e merece acusações de homicídio. No Congresso sul-africano, o parlamentar Andile Mngxitama disse que as mortes causadas pela listeriose "equivalem a assassinato". Ainda mais. Ele disse que o fabricante Tiger Brands Enterprise "foi cúmplice em um encobrimento corporativo e merece acusações de homicídio".  

A salsicha tipo "polony" e outras carnes processadas de baixo preço aos consumidores foram retiradas do comércio em toda a África do Sul. As autoridades sul-africanas temem a contaminação cruzada; a carne processada, pronta para comer, é uma fonte favorita de proteína para os pobres sul-africanos.

Os especialistas em segurança alimentar afirmam que os casos de listeriose continuarão a ocorrer até quatro semanas ou mais após o recall da carne processada envolvida, pois o período de incubação da listeriose pode ser de 21 dias com um máximo de 70 dias.

Os resultados positivos em 978 culturas para detecção da bactéria Listeria monocytogenes foram encontrados em 720 amostras de sangue (73%), 211 (22%) amostras do líquido cefalorraquidiano1 e cerca de 7% das amostras de fezes, pus, abscessos ou outros líquidos.

Os países vizinhos da África do Sul como Quênia, Zimbábue, Moçambique, Namíbia e  Zâmbia, proibiram a importação de carne processada da África do Sul. Alguns desses países proibiram também a importação de produtos lácteos e de vegetais sul-africanos. 

O maior surto de listeriose do mundo causa um impacto devastador em toda a indústria da carne da África do Sul.

 

Estará o Brasil envolvido com o pior surto de listeriose do mundo?

Segundo a notícia "Is broken Brazil responsible for sickened South Africa?" (por News Desk) da Food Safety News de 9 de março de 2018, a África do Sul importou mais de 445 milhões de libras de "white slime"2 ("lodo branco") em 2017. A maior parte de "white slime" foi importada do Brasil. É por isso que o pesquisador da carne, Louw Hoffman da Stellenbosch University, pensa ser possível que a cepa ST6 de Listeria monocytogenes, que provocou o mega surto de listeriose na África do Sul, "pode ter se originado no exterior".

Segundo a Food Safety News, numerosos países, incluindo os Estados Unidos, proibiram a carne brasileira por causa do escândalo de segurança alimentar vigente no país, cujo mais recente [Operação Trapaça] envolveu laboratórios que fraudavam resultados de testes laboratoriais.

Hoffman afirmou que as salsichas tipo "polony" e "viena" contêm "white slime" de frango importado para que os embutidos de carne sejam mantidos a preços baixos, em benefício das populações de baixa renda que precisam de uma fonte acessível de proteína animal.

A África do Sul começou a testar a carne que importa para a Listeria apenas em em 9 de janeiro último.

Através de sua embaixada em Pretória, África do Sul, o Brasil nega que tenha algum envolvimento no surto de listeriose da África do Sul

Ligação ou não, o fato inequívoco é que a imagem da carne brasileira se deteriora rapidamente mundo afora. Com a palavra as autoridades governamentais responsáveis, sobretudo, àquelas que atuam pela inconstitucional privatização da fiscalização agropecuária promovida pelo Poder Público em prejuízo da segurança alimentar da população e do interesse público.

_________________

A bactéria Listeria monocytogenes é capaz de provocar meningite nos seres humanos.

2 Carcaça de frango mecanicamente desossada, às vezes chamada de "white slime" ("lodo branco"). Em outras palavras, pedaços de carne de frango na forma de purê que também podem conter pequenos pedaços de ossos, que são transformados em uma pasta utilizada para produzir carnes processadas, como salsichas etc.

 

Notícias vinculadas:

26-10-2018 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & Segurança alimentar: alimentos inseguros custam US$ 110 bilhões por ano aos países de baixa e média renda [Estudo do Banco Mundial: seu economista agrícola líder e co-autor do estudo, Steven Jaffee, afirmou que os governos dos países de baixa e média renda — caso do Brasil, citado nesse estudo — precisam ser mais inteligentes para investir em segurança alimentar e monitorar o impacto das intervenções que fazem & Food security: Unsafe food costs US $110 billion per year to low and middle-income countries & World Bank Study: it´s leading agricultural economist and co-author, Steven Jaffee, said the governments of the low-and middle-income countries — the case of Brazil, cited in this study — need to be smarter to invest in food security and Monitor the impact of interventions that make]

17-5-2018 - Food Safety News & Largest Listeria outbreak ever coming under control; 204 dead [The world’s largest listeriosis epidemic is now under control because meat products from Enterprise and Rainbow Chicken have been recalled, Health Minister Aaron Motsoaledi told the South African Parliament earlier this week]

26-4-2018 - Gazeta do Povo & Bom Gourmet & Anvisa proíbe venda de frango contaminado por bactéria que causa meningite [A proibição é referente a um lote do peito de frango cozido desfiado congelado]

25-4-2018 - Food Safety News & South Africa sees listeriosis cases drop; ramps up prevention [The world’s worst listeriosis outbreak now includes 1,019 laboratory-confirmed cases including 199 deaths. The recall increased by 50 cases since March 4-5 when authorities recognized the source of the epidemic as ready-to-eat processed meats products manufactured at Enterprise Foods’ Polokwane production facility and recalls were ordered]

19-3-2018 - Food Safety News & Australia, S. Africa post high fatality rates in Listeria outbreaks [The Australian and South African listeriosis outbreaks have one thing in common — fatality rates as high as 26 to 28 percent]

16-3-2018 - Food Safety News & Health minister fears world’s worst listeriosis outbreak has yet to peak [The world’s worst listeriosis outbreak is not over and will likely sicken others in his country and throughout the region, according to South African Health Minister Aaron Motsoaledi]

16-3-2018 - AR News & O Brasil é responsável pelo pior surto mundial de listeriose na África do Sul? [Existe uma ligação entre o pior surto de listerioso do mundo na África do Sul e as indústrias de carne e aves envolvidas em escândalos no Brasil?]

9-3-2018 - Food Safety News & Is broken Brazil responsible for sickened South Africa? [Is there a link between the world’s worst listeriosis outbreak in South Africa and Brazil’s broken and scandal-plagued meat and poultry industries?]

9-3-2018 - Anda & Epidemia causada por processadora de carne mata dezenas de pessoas [A carne processada da empresa sul-africana Tiger Brands Ltd. foi identificada como uma fonte do surto de listeriose que matou 180 pessoas e infectou cerca de mil]

 

Veja também o  Facebook da Afisa-PR e   @AFISAPR da Afisa-PR