Afisa-PR

Senadores dos EUA propõem projeto de lei bipartidário para facilitar o comércio interestadual da carne

A concorrência da carne brasileira se organiza. Mais um aperto contra a carne sul-americana

 

 

Crédido imagem: Tri-State Neighbor photo by Janelle Atyeo & Uma embalagem de bacon é estampada com a etiqueta de inspeção estadual da carne de Dakota do Sul.

 

Segundo notícia de 14 de maio “Bill would OK interstate sales of state-inspected meat, poultry“ da Food Safety News, dois senadores norte-americanos propuseram um projeto de lei bipartidário para permitir o comércio de carne interestadual desde que inspecionada pelos programas estaduais chamado Meat and Poultry Inspection (MPI). O projeto de lei chama-se The New Markets for State-Inspected Meat and Poultry Act.  (Novos Mercados para a Lei de Carne e Aves Controladas pelo Estado – tradução livre).

Atualmente nos EUA existem 27 estados com programas de inspeção (MPIs) certificados pelo Food Safety Inspection Service (FSIS) do U. S. Department of Agriculture (USDA), que atendem ou excedem as exigências da inspeção federal. No entanto, os produtos processados ​​nos frigoríficos inspecionadas pelo estado aprovadas pelo FSIS, não podem ser vendidos através das fronteiras estaduais.

Para Kenny Graner, presidente da Associação de Pecuaristas dos Estados Unidos (United States Cattlemen’s Association), a aprovação da nova legislação do comércio interno de carne fortalecerá as economias locais, permitindo seu comércio interestadual pelo MPI. Essa condição, segundo ele, abrirá o acesso para novos mercados que estão indisponíveis devido as desatualizadas regulamentações federais vigentes.

Graner disse que a legislação federal vigente dá vantagem à carne importada sobre parte da carne produzida nos EUA:  “As instalações que operam sob o programa de inspeção estadual da carne precisam superar os mesmos obstáculos que os regulados pelo programa de inspeção federal. Para Dakota do Sul, isso significa que os 80 frigoríficos inspecionados pelo estado poderão vender carne através das divisas estaduais até as proximidades de Minnesota, Nebraska, Wyoming e outros ” e “A ideia de que a carne bovina aprovada de países sul-americanos possa ser comercializada em diferentes estados nos Estados Unidos, enquanto que a [pelo MPI] carne inspecionada pelo estado não pode ir de Dakota do Sul a Dakota do Norte, ilustra as desigualdades da nossa atual legislação”.

 

Matérias vinculadas:

17-5-2018 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & Senadores dos EUA propõem projeto de lei bipartidário para facilitar o comércio interestadual da carne [A concorrência da carne brasileira se organiza. Mais um aperto contra a carne sul-americana] 

14-5-2018 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & União Europeia (UE) publicou o Regulamento de Execução (UE) 2018/700 contra a carne do Brasil [O Anexo do Regulamento de Execução (UE) 2018/2017 discrimina a relação dos frigoríficos brasileiros que deixaram de se enquadrar no art. 12 do Regulamento (CE) nº 854/2004 da União Europeia, portanto, impedidos de exportar carne. O Estado do Paraná, líder na produção de carne de frango, é o maior prejudicado!]

11-5-2018 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & Fiscalização da carne: Associação dos fiscais agropecuários do Paraná reivindica adoção do sistema similar ao inglês de CFTV [Carta reivindicatória foi protocolada ao ministro Blairo Maggi do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento & Inspection of meat: Association of Inspectors of Agricultural and Livestock Defense of Paraná asks adoption of system similar to CCTV English & The Letter reinvindicatory was filed to the Minister Blairo Maggi from the Ministry of agriculture, livestock and supply food] 

16-5-2018 - Tri-State Livestock News & Cutting The Red Tape On Meat Sales

14-5-2018 - Food Safety News & Bill would OK interstate sales of state-inspected meat, poultry

11-5-2018 - Tri-State Neighbor & Meat inspection rule change could open new markets for small processors

 

Veja também o  Facebook da Afisa-PR e   @AFISAPR da Afisa-PR