Exportação de carne bovina: Negociação de 17 anos naufragará?

 

Afisa-PR

Exportação de carne bovina: Negociação de 17 anos naufragará?

O barco "exportador" brasileiro naufragará em decorrência do protecionismo de Trump?

 

 

Após uma negociação de 17 anos, o governo (sic) do Brasil formalizou perante o governo Obama a "abertura do mercado norte-americano para a carne bovina in natura brasileira" com "expectativa de aumentar em US$ 900 milhões os ganhos com exportações" do produto. Com a chamada "equivalência dos controles oficiais de carne bovina", tanto "o Brasil poderá vender o produto ao mercado norte-americano, quanto os Estados Unidos para o brasileiro".

O oficialismo de plantão, porém, não contava com a derrota da Wall Street (é iminente o colapso do neoliberalismo norte-americano), ou seja, a eleição do mega-protecionista Donald Trump. O barco "exportador" brasileiro naufragará em decorrência do protecionismo de Trump (a National Cattlemen's Beef Association agradecerá) em favor dos norte-americanos.

Leia mais:Exportação de carne bovina: Negociação de 17 anos naufragará?

PLS 326: Modus operandi importado?

Afisa-PR

PLS 326: Modus operandi importado?

É necessário dar um rotundo não ao inconstitucional e prejudicial PLS 326!

 

Credito imagem http://bucknacktssordidtawdryblog.blogspot.com.br/2014/05/chicken-with-side-of-respiratory.html

 

É lícito supor que certas autoridades suscetíveis, digamos assim, ao vistoso lobby ruralista empresarial comercial são inspiradas no viés privaticionista praticado pelo atual secretário do U.S. Department of Agriculture (USDA) dos EUA. 

A reportagem da Food & Water Watch abaixo reproduzida é educativa, pois lança luz sobre o modus operandi privaticionista que se pretende impor pelo prejudicial PLS 326 de 2016 em prejuízo da fiscalização agropecuária promovida pelo Setor Público.

Vejamos:

  

Primeiro ato 

Deliberada precarização decorrente da crônica insuficiência de contingente de fiscais agropecuários; impedimento do reaparelhamento da fiscalização agropecuária entre outras mazelas, para "justificar" sua privatização;

 

Segundo ato

Privatização em si por intermédio do PLS 326 de 2016 & sofismáticas definições do que seria "auditorias sanitárias" e "credenciamento" à "autofiscalização" privada;

 

Terceiro ato

Descarte, desvalorização profissional e injustiça remuneratória em detrimento dos fiscais agropecuários vinculados ao Setor Público.

Leia mais:PLS 326: Modus operandi importado?

Análise da DIREX: Calote no atacado

 

Afisa-PR

Análise da DIREX: Calote no atacado

Sem reajuste, 1% de aumento real e data-base?

 

  

A Casa Civil do dito “governo” estadual através do expediente OF CEE/CC 3355/16, de 11 de outubro, informou Marlei Fernandes de Carvalho, coordenadora do FES - Fórum das Entidades Sindicais dos Servidores Públicos Estaduais, de que “determinou à Liderança do Governo na Assembleia Legislativa” a suspensão “da Mensagem nº 43/2016, que veicula emenda que altera dispositivos da Lei de Diretrizes Orçamentárias – LD”.

Leia mais:Análise da DIREX: Calote no atacado

"The Guardian": Encontrada superbactéria variante MRSA na carne suína consumida pelos britânicos

 

Afisa-PR

The Guardian: Testes na carne suína britânica encontram cepa de superbactéria  

Amostras de carne de suína consumida no Reino Unido estavam contaminadas com a estirpe da superbactéria MRSA (methicillin-resistant Staphylococcus aureus)

 

  

O jornal britânico The Guardian na reportagem intitulada "Revealed: MRSA variant found in British pork at Asda and Sainsbury’s" [Andrew Wasley , Kjeld Hansen e Fiona Harvey, segunda-feira, 03 de outubro de 2016, 13.30 BST], revelou que amostras de carne de suína consumida no Reino Unido estavam contaminadas com a estirpe1 da superbactéria MRSA (methicillin-resistant Staphylococcus aureus). A fonte original da MRSA é o rebanho bovino. O "The Guardian" levantou sérias preocupações de que o Reino Unido está à beira de mais um escândalo de alimentos. 

Leia mais:"The Guardian": Encontrada superbactéria variante MRSA na carne suína consumida pelos britânicos

Greve por tempo indeterminado na Agricultura?

 

Afisa-PR

Greve por tempo indeterminado na Agricultura? 

Afisa-PR apoia medidas do FES & SINDISEAB contra o triplo calote

 

 

A Afisa-PR - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná vem a público manifestar seu apoio incondicional às medidas do FES – Fórum das Entidades Sindicais dos Servidores Estaduais do ParanáSINDI-SEAB - Sindicato Estadual dos Servidores Públicos da Agricultura, Meio Ambiente, Fundepar e Afins, que objetivam convocar da greve por tempo indeterminado no âmbito da agricultura, em repúdio à Mensagem nº 043/2016, de 30 de setembro, que trata das emendas modificativa e aditiva ao projeto de lei nº 153/2016, encaminhada à ALEP – Assembleia Legislativa do Estado do Paraná.

Leia mais:Greve por tempo indeterminado na Agricultura?