* Por Rudmar Luiz Pereira dos Santos

 

 

Usam-se em torno da Afisa-PR e vençam! 

 

A Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) é uma associação de classe muito atuante e muito forte, visto que é autônoma e independente. A Afisa-PR não tem rabo preso e seus únicos e inalienáveis propósitos são o exercício da defesa dos justos e legítimos interesses dos seus filiados — e, extensão, de todos os fiscais agropecuários de campo de boa-fé — e a preservação do interesse público em fiscalização agropecuária pública, tão maltratada neste estado. 

A quem não interessa uma Afisa-PR cada vez mais atuante e forte? Não é nem preciso desenhar! Isso não interessa àqueles que são pautados por ambições individualistas que têm “projeto de perpetuação no poder”— ou acesso a ele — em confortáveis nichos. Os adversários da livre associação autêntica e independente entre os fiscais agropecuários de campo de boa-fé têm contra a Afisa-PR uma sólida ameaça às suas intenções de “perpetuação no poder” — ou de acesso a ele! Eles sabem muito bem que a Afisa-PR é (e sempre será) opção para o fiscal agropecuário de campo de boa-fé que deseja representação autêntica, autônoma, competente, honesta, verdadeira e independente. A sólida disposição da Afisa-PR em ser honesta e virtuosa, claro, constituí uma formidável ameaça às ambições individualistas de “perpetuação no poder” — ou acesso a ele — em confortáveis nichos; trata-se de setores (células!) fragrantemente desconectados do interesse público e sem efetivo interesse de promover plena valorização profissional com justiça salarial em benefício os fiscais agropecuários de campo de boa-fé.

Diante dessa situação, de incomoda presença da Afisa-PR, o que fazem? Atuam para dividem e imperar! Eles sabem que a Afisa-PR não abandona suas justas e legítimas bandeiras de luta; desta forma, eles atuam, e isso não é nenhuma novidade — isso sempre aconteceu em anos de eleição de uma nova DIREX na Afisa-PR —, no recrudescimento de destrutivas tentativas que visem impedir que os ficais agropecuários de campo de boa-fé tenham acesso à representação classista autêntica e independente via a Afisa-PR.

Para não fugir a essa “regra”, os inimigos da livre associação autêntica e autônoma entre os fiscais agropecuários de campo de boa-fé, e suas células teleguiados, fomentam não é de hoje a criação de um “novo sindicato” e de uma “nova associação” na “dose ilusão” de “concorrer” com a Afisa-PR, quem sabe, na esperança de “erradicá-la do sistema”, com isso, pôr um fim às críticas e aos dissensos construtivos,  autônomos e independentes que visam unicamente preservar o interesse público e a conquista de plena valorização profissional com justiça remuneratória para todos os fiscais agropecuários e não apenas para uma minoria em final de carreira.

Alertamos: Certas pessoas, todas conhecidas de vocês, atuam contra os justos e legítimos interesses da própria categoria. No afã de fragmentar e enfraquecer vocês, há muito tempo insistem no fomento de criação de um “novo sindicato” balaio de gatos ou de uma “nova associação”, porém, obviamente, caso criados, serão mais do mesmo, ou seja, serão entidades aparelhadas por prepostos de governos, infiltradas por pelegos e desconectadas do trabalho autêntico e honesto pela conquista de plena valorização profissional com justiça salarial para todos os fiscais e não apenas para uma minoria em final de carreira.

Porém, a Afisa-PR alerta certas pessoas que fomentam a criação de uma “nova associação”: havendo quaisquer conflitos de identificação e de representação ingressaremos com processo judicial de embargo contra qualquer "nova associação" que seja!!

Com base na orientação do advogado que presa auxílio jurídico à Afisa-PR:

a) Não é possível que essas pessoas usem "mesmo nome" da Afisa-PR. Terão que escolher outro nome, quem sabe "associação dos aliados prepostos de governos" ou coisa similar e

b) Havendo conflito de identificação (nome) e de representação, a Afisa-PR ingressará com imediato processo judicial de embargo contra qualquer "associação". Essa providência é justa e legítima.

A Afisa-PR não é contrária à criação de qualquer que seja o sindicato ou a associação, pois julga isso importante (porém, se forem entidades aparelhadas por prepostos de governos e infiltradas por células nocivas e pelegas, obviamente, não serão bem-vindas e serão criticadas pela Afisa-PR por se comportarem desta forma) e é também um direito constitucional incontestável, porém, a Afisa-PR jamais abrirá mão de sua identificação e da sua representação.

Não obstante essas “criações” traduzirem em fragmentação e enfraquecimento da categoria, a Afisa-PR acredita que isso será muito benéfico para si mesma que os boicotadores da livre e autêntica associação entre os fiscais de campo de boa-fé, teleguiados — e todos vocês sabem muito bem por qual setor —, criem um “novo sindicato” ou uma “nova associação”; cada fiscal agropecuário mais argutos finalmente terá condição de comparar, anotar as diferenças de comportamento e perceber quem é quem na ordem do dia.

Pois que criem essas “novas entidades”; os boicotadores da categoria “são livres” para fragmentá-la e enfraquecê-la. Porém, no futuro não muito distante, quando a categoria estiver mais do que afundada em desvalorização profissional com injustiça salarial, que assumam também todas as consequências de seus tresloucados atos!

Na “dose ilusão” de “concorrer” com a Afisa-PR, quem sabe, na esperança de “erradicá-la do sistema”, com isso, a intencionar pôr fim a toda forma de dissenso autônomo e independente que visa preservar o interesse público em fiscalização agropecuária pública e a conquista de plena valorização profissional com justiça remuneratória.

Ora, esses prepostos de governos tiveram longo anos de poder para promover plena valorização profissional com justiça remuneratória...  Por que não o fizeram??

Quando que os fiscais agropecuários de campo de boa-fé, iludidos pelas células que não são aliadas da valorização profissional com justiça salarial, se libertarão da bolha da enganação e da ilusão e cairão na real??? Quando que finalmente perceberão quem são os verdadeiros agentes que causam desvalorização profissional com injustiça salarial??? Quando perceberão que entidades classistas aparelhadas por prepostos de governos e infiltradas por células nocivas e pelegas não levam a lugar nenhum e que afundaram ainda mais a categoria?? Exemplos dessas não virtudes não faltam! Reiteramos: A Afisa-PR é opção mais do que viável ao fiscal agropecuário de campo de boa-fé que deseja representação autêntica, autônoma, competente, honesta, verdadeira e independente. A Afisa-PR não tem rabo preso com gestor comissionado de governo, político, empresário, ruralista ou entidade ruralista. Seus únicos e inalienáveis compromissos são com a população, o interesse público e com os fiscais agropecuários de campo de boa-fé que, mesmo diante de tantas dificuldades, honram o serviço público.

É preciso que os fiscais agropecuários de campo de boa-fé enxerguem o abismo entre expectativa (ainda alimentada, pasmem, pelo papai noel de “confiança” e suas células) e dura realidade.

Alertamos também os fiscais agropecuários de campo de boa-fé: não caiam na ilusão do “novo sindicato” ou da “nova associação”. Os boicotadores da categoria, com essas medidas, querem unicamente dividir para imperar. Articulações “de gabinetes” visam unicamente fragmentar e enfraquecer a categoria. Quem é minimamente inteligente pergunta a si mesmo:

- Ora, qual justificativa plausível para criação de “novo sindicato” ou de “nova associação” se há quase 16 anos a categoria tem à disposição representação classista via a Afisa-PR, representação esta honesta, autônoma e independente?

- Para que, ainda mais em um momento de gravíssima injustiça salarial contra a base da carreira, fragmentar, enfraquecer, desunir e desviar preciosos esforços coletivos na criação de um “novo sindicato” ou de uma “nova associação”, algo que demandará muito tempo, trabalho e dinheiro, além da formação de liderança eficiente e experiente? 

- É mais do que racional, nesse momento de grave desvalorização profissional com injustiça salarial, somar-se à Afisa-PR, já constituída, com sua política associativa já em curso, a todo o vapor, portanto, com “custo zero de criação”, com isso, tornando-a mais forte, em consequência, a resgatar o formidável poder reivindicatório da categoria pela conquista de plena valorização profissional com justiça remuneratória.

Reflitam... A verdade é uma só e está escancarada à vista de cada fiscal agropecuário de campo de boa-fé: Certas personalidades atuam para subtrair de cada um de vocês representação classista honesta, autêntica e independente! Percebem por que os inimigos da Afisa-PR não querem vocês dentro dela? Percebem por que os inimigos da categoria, via criação de “novo sindicato” e de “nova associação”, querem fragmentá-la e enfraquecê-la (divide e impera!) para que possam se “perpetuar no poder” em confortáveis nichos sem nenhuma oposição ou obrigação de prestação de contas para os fiscais agropecuários de campo de boa-fé?

Não desperdicem precioso tempo e dinheiro em aventuras fomentadas pelos boicotadores da categoria que a querem fragmentada, desunida, enfraquecida e sem representação classista autêntica e independente. Logo mais, essas pessoas não estarão mais aí, pois ninguém é eterno no poder. Nenhum governo é eterno. As coisas na seara do serviço pública mudam. Logo mais a Afisa-PR voltará a contar com ambiente político minimamente democrático e respeitoso — oxalá já no próximo 1º de janeiro de 2019 —, portanto, poderá novamente desenvolver amplas negociações para resgatar do limbo salarial os fiscais agropecuários de campo de boa-fé que sofrem na base da carreira. Jamais, reiteramos, jamais os fiscais agropecuários de campo de boa-fé conquistarão plena valorização profissional com justiça remuneratória com fragmentação, desunião, enfraquecimento e com novo sindicato” e de “nova associação” aparelhada por prepostos governamentais e infiltrada por células nocivas e pelegas. 

A Afisa-PR não é a “inimiga” como certas pessoas envenenam pelos quatro cantos. A Afisa-PR é a verdadeira e confiável aliada dos fiscais agropecuários de campo de boa-fé!

Por favor, reflitam sobre tudo isso para que tenham condições de formar um adequado juízo de valor, para que não se prejudiquem a si próprios e nem a categoria! 

Não deixem que certas pessoas fomentem entre vocês a guerra do último contra o penúltimo. A agenda dessas pessoas é fragmentar e enfraquecer para que encaixem suas ambições de “perpetuação no poder” em confortáveis nichos, e sem obrigação de prestar contas para nenhum de vocês. 

Usam-se em torno da Afisa-PR e vençam! 

______________________

* Presidente da Afisa-PR

 

Matérias vinculadas:

14-5-2018 - Direção Executiva (DIREX) & Mensagem da Direx nº 6/2018: Notícia "União Europeia (UE) publicou o Regulamento de Execução (UE) 2018/700 contra a carne do Brasil"

13-5-2018 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & Mensagem da DIREX aos de campo de boa-fé [É questão de escolha, simples assim. O de campo que almeja representação classista honesta, séria, competente, autônoma, independente e sem rabo preso, opta pela Afisa-PR que é 100% garantida!]

12-4-2018 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & A Afisa-PR sempre será opção para o fiscal agropecuário de campo de boa-fé

8-4-2018 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & Mensagem da Afisa-PR aos fiscais agropecuários de campo de boa-fé [Balaio de gatos, desinformação, desorganização, desunião, inexperiência, incultura em política de serviço público, falta de estratégia, opressão, manipulação, infiltração, ingênua submissão à ideia de criação de “sindicato doutrinador” entre outras barbaridades...]

 

<<<<< Os artigos publicados neste espaço não representam necessariamente a opinião da Afisa-PR >>>>> 

 

Veja também o  Facebook da Afisa-PR e   @AFISAPR da Afisa-PR