Afisa-PR

Opinião da Direx: a perda do significativo mercado de carne da Rússia

Caso ractopamina: o Brasil respondia por 90% da carne suína importada pela Rússia! Hoje, corresponde a 0%! E os responsáveis?

 

Crédito imagem: GlobalMeat News

 

O preço cobrado é salgado quando não se faz opção por uma fiscalização agropecuária pública autônoma, real, plena e de excelência.  Não há solução para esse tipo de problema enquanto uma atividade exclusiva e típica de Estado e que deveria contar com autonomia legal e técnica é prejudicada pela interferência da política partidária —  materializada pelas nomeações de comissionados de confiança —  e pela ingerência da iniciativa privada (apud Operação Carne Fraca).

No começo de 2018, a Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR), não obstante o lado embargado tivesse manifestado o contrário, acertou em opinar que a Rússia não levantaria as sanções à carne brasileira, afinal, "o Rosselkhoznadzor não é uma agência comercial ou uma estrutura política".

A notícia Russia's meat imports continue to shrink (por Vladislav Vorotnikov) da GlobalMeat News de 19 de julho de 2018, afirma que durante o primeiro semestre de 2018, a Rússia importou 203,5 mil toneladas de carne, o que revelou uma queda de quase 70% em comparação com o mesmo período de 2017, informou o Federal Customs Service (FCS) em seu site em 15 de julho de 2018.

As importações de carne suína caíram mais de quatro vezes, para 36.3 mil toneladas, de 147.7 mil para a Rússia durante o primeiro semestre de 2017, estimou o FCS. Enquanto isso, as importações de carne de frango caíram para 52.800t, de 52.600t no ano anterior, enquanto as importações de carne bovina reduziram ligeiramente para 134.400t, de 156.600t no primeiro semestre de 2017, informou a FCS.

A queda nas importações de carne do Brasil pela Rússia é principalmente associada à proibição estabelecida em novembro de 2017 pelo Rosselkhoznadzor. O Brasil exportava uma média de 22 mil toneladas de carne suína e 12 mil de carne bovina por mês para o mercado russo, segundo estimativas do Russian State Statistics Service (Rosstat).

Segundo o Rosstat, antes da proibição do Rosselkhoznadzor o Brasil respondia por 90% da carne suína que era importada pela Rússia.

 

Rússia não planeja cancelar a suspensão das importações brasileiras por "escassez de dados"

A notícia Empresário agrícola russo: 'Mercado brasileiro é grande, mas não é chave' do Sputnik de 11 de setembro de 2018, informa que a Rússia "continua fechada para as importações do país devido ao uso fragmentado de ractapamina nas rações". Conforme o Sputnik anteriormente informou, "as entidades russas, inclusive o Rosselkhoznadzor, por enquanto não planejam cancelar a suspensão das importações brasileiras por escassez de dados".

Segundo essa notícia, "Nos primeiros seis meses desse ano a Rússia virou país exportador líquido de carne suína. Ou seja, a produção continua aumentando e, acredito, a partir de algum tempo o fator das importações deixará de estar em questão", disse o diretor-geral do grupo de empresas agrícolas russas Rosagro, Maksim Basov, "ao falar sobre possível retomada das importações brasileiras.

A Afisa-PR, não obstante as notícias Rússia se comprometeria a avaliar rapidamente a reabertura ao mercado a carne do Brasil do Sputnik de 18 de janeiro de 2018 e Brasil poderia retomar exportação de carne suína para a Rússia no fim do mês de agosto do Sputnik de 8 de agosto de 2018, em 16 de janeiro de 2018 tinha manifestado o contrário na Opinião da Direx: Rússia não levantará sanções a carne brasileira! — alerta com base na notícia Rússia não levantará sanções a carne brasileira do Russia Beyond de 21 de dezembro de 2017.

A Afisa-PR, na matéria Rússia tem alternativas viáveis para substituir a carne brasileira de 22 de novembro de 2017, também alertou que a Rússia tinha alternativas viáveis para substituir a importação de carne do Brasil, fato que agora corroborado por Maksim Basov.

 

Exportação de carne: Rússia libera 9 frigoríficos

Segundo a notícia Rússia retira embargo a carne suína e bovina do Brasil do Sputnik de 31 de outubro de 2018, "O Serviço Federal de Vigilância Veterinária e Fitossanitária da Rússia (Rosselkhoznadzor) avaliou as medidas tomadas pelo lado brasileiro quanto à eliminação das violações identificadas quanto ao uso de ractopamina na alimentação do gado, além de resultados dos estudos laboratoriais de produtos fabricados por empresas nacionais" e "A carne brasileira foi embargada no mercado russo desde novembro de 2017 pelo uso de ractopamina, substância proibida em alimentos na Rússia. Com a queda da restrição, o Brasil poderá voltar a exportar para o país a partir de amanhã, 1 de novembro".

Não é a primeira vez que a Rússia suspende e depois libera a importação de carne brasileira por motivos de segurança alimentar. Em 2013, o governo do primeiro-ministro Dmitri Medvedev já havia embargado a carne oriunda de três estados brasileiros por causa da mesma contaminação com o hormônio de crescimento ractopamina.

Modificado em 31-10-2018 em 18:12

 

Notícias vinculadas:

31-10-2018 - Reuters & Rússia vai retirar restrições a importações de carnes suína e bovina de 9 fornecedores do Brasil [O órgão regulador de segurança na agricultura da Rússia disse nesta quarta-feira que permitirá importações de carnes suína e bovina de nove fornecedores do Brasil a partir de 1º de novembro, incluindo um frigorífico da Minerva Foods e outro operado pela processadora de alimentos de capital privado Aurora Alimentos]

31-10-2018 - Sputnik & Rússia retira embargo a carne suína e bovina do Brasil [O Serviço Federal de Vigilância Veterinária e Fitossanitária da Rússia (Rosselkhoznadzor) avaliou as medidas tomadas pelo lado brasileiro quanto à eliminação das violações identificadas quanto ao uso de ractopamina na alimentação do gado, além de resultados dos estudos laboratoriais de produtos fabricados por empresas nacionais]

26-10-2018 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & Segurança alimentar: alimentos inseguros custam US$ 110 bilhões por ano aos países de baixa e média renda [Estudo do Banco Mundial: seu economista agrícola líder e co-autor do estudo, Steven Jaffee, afirmou que os governos dos países de baixa e média renda — caso do Brasil, citado nesse estudo — precisam ser mais inteligentes para investir em segurança alimentar e monitorar o impacto das intervenções que fazem & Food security: Unsafe food costs US $110 billion per year to low and middle-income countries & World Bank Study: it´s leading agricultural economist and co-author, Steven Jaffee, said the governments of the low-and middle-income countries — the case of Brazil, cited in this study — need to be smarter to invest in food security and Monitor the impact of interventions that make]

11-9-2018 - Sputnik & Empresário agrícola russo: 'Mercado brasileiro é grande, mas não é chave' [A Rússia, sendo anteriormente grande consumidora de carne brasileira, continua fechada para as importações do país devido ao uso fragmentado de ractapamina nas rações. Quais são as chances deste embargo ser algum dia cancelado? E caso seja, será que as vendas ficarão no mesmo nível?]

10-8-2018 - Sputnik & Altos e baixos: o que atrapalha reabertura do mercado russo para carne brasileira? [A dinâmica do comércio bilateral russo-brasileiro parece estar passando hoje em dia tanto por subidas como por quedas em diferentes áreas. Pelo menos foi essa a impressão que dá a conversa da Sputnik Brasil com Yulia Melano, porta-voz do Serviço Federal de Vigilância Veterinária e Fitossanitária da Rússia, Rosselkhoznadzor]

8-8-2018 - Sputnik & Brasil pode retomar exportação de carne suína para a Rússia no fim do mês [O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Blairo Maggi, afirmou que as áreas técnicas do setor agropecuário de Brasil e Rússia finalmente ajustaram suas demandas para o restabelecimento das exportações de carne suína brasileira para o mercado russo, o que, segundo ele, pode acontecer até o fim deste mês]

22-7-2018 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & O Brasil é considerado um país-chave no mercado mundial de carne [Porém, o Brasil, ao invés de se preparar para se fixar cada vez mais e de se  manter com sucesso no mercado global de carne, optou por ser “colecionador” de suspensões, embargos e bloqueios]

19-7-2018 - Global Meat News & Russia's meat imports continue to shrink [Russia imported 203,500 tonnes (t) of meat during the first halt oi 2018, a drop of almost 70% compared with same period in 2017, the Federal Customs Service (FCS) said in a statement on its website on 15 July]

20-7-2018 - Global Meat News & Meat industry adjusting to Russia countersanctions [The Russian and European Union (EU) meat industries are beginning to accept Russia's ban on meat and livertock as an ongoing fact, with Presidente Vladimir Putin extending the exiting embargo on imports of meat and other food products to Russia from western countries and allies until 31 December 2019]

27-1-2018 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & Rússia: encontro teve como tema central a proibição da carne [Autoridades russas destacaram que proíbem o uso do cloridrato de ractopamina na produção de carne & Russia: meeting had as its central theme the ban on brazilian meat & Russian authorities have highlighted that prohibit the use of Ractopamine in meat production]

22-1-2018 - Russia Beyond & Rússia impede importação de 42 toneladas de carne brasileira ilegal [Produto detido na segunda maior cidade russa e será devolvido ao país latino-americano]

19-1-2018 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & Cloridrato de ractopamina foi banido em 160 países! E no Brasil? [Reportagem do Sputnik afirma que o "aditivo" de crescimento ractopamina, proibido na maioria dos países, incluindo a União Europeia, China e a Rússia, encontra-se "autorizado no Brasil" &Ractopamine hydrochloride was banned in 160 countries! And in Brazil? & The report of the "Sputnik" growth additive Ractopamine, banned in most countries, including the European Union, China and Russia, is "authorized in Brazil"]

18-1-2018 - Sputnik & Rússia se compromete a avaliar rapidamente a reabertura ao mercado a carne do Brasil [O compromisso foi firmado entre o secretário de Defesa Agropecuária do Mapa, Luís Rangel e o chefe do Serviço Federal de Supervisão Veterinária e Fitossanitária (Rosselkhoznadzor) da Rússia durante encontro na Alemanha]

16-1-2018 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & Opinião da Direx: Rússia não levantará sanções a carne brasileira! ["O Rosselkhoznadzor não é uma agência comercial ou uma estrutura política" & Direx opinion: Russia will not lift sanctions against Brazilian beef! &  "Rosselkhoznadzor is not a commercial agency or a political structure"]

21-12-2017 - Russia Beyond & Rússia não levantará sanções a carne brasileira [“Serviço fitossanitário russo nunca comercializaria a saúde dos cidadãos russos”, diz porta-voz do Rosselkhoznadzor]

16-12-2017 - Sputnik & Rússia impõe restrições à importação de carne bovina e suína do Brasil [O Serviço Federal de Controle Veterinário e Fitossanitário da Rússia (Rosselkhoznadzor) informou nesta segunda-feira a imposição de restrições temporárias às importações de carne bovina e suína do Brasil para a Rússia a partir em 1º de dezembro]

22-11-2017 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & Rússia tem alternativas viáveis para substituir a carne brasileira [O Brasil deve reestruturar seu sistema de fiscalização agropecuária e abandonar iniciativas que visam privatizá-lo]

22-11-2017 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & Rosselkhoznadzor russo comenta declaração brasileira [Rosselkhoznadzor acredita que não há base na declaração do lado brasileiro]

21-11-2017 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & Rússia impõe restrições à importação de carne bovina e suína do Brasil [Em nota oficial o Serviço Federal de Controle Veterinário e Fitossanitário da Rússia (Rosselkhoznadzor) conta sua versão]

21-11-2017 - Sputnik & Brasil pede provas à Rússia de presença de estimulantes na carne brasileira [O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil (Mapa) solicitou às autoridades russas certificados do serviço de inspeção e os respetivos laudos laboratoriais indicando a presença de substâncias proibidas na carne brasileira, alvo de sanções anunciadas ontem pelo serviço veterinário e fitossanitário da Rússia, o Rosselkhoznadzor]

20-11-2017 - Sputnik & Rússia impõe restrições à importação de carne bovina e suína do Brasil [O Serviço Federal de Controle Veterinário e Fitossanitário da Rússia (Rosselkhoznadzor) informou nesta segunda-feira a imposição de restrições temporárias às importações de carne bovina e suína do Brasil para a Rússia a partir em 1º de dezembro]

15-11-2017 - Brasil 247 - Rússia analisa banir importações de carne suína e de gado do Brasil [O órgão de vigilância agrícola da Rússia está considerando proibir toda a importação de carne suína e bovina do Brasil após encontrar o aditivo alimentar ractopamina em alguns embarques, disse à Reuters na quarta-feira a porta-voz do regulador, Yulia Shvabauskene]

15-11-2017 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & Rosselkhoznadzor russo flagra ractopamina na carne brasileira [Serviço oficial russo, antes do final desta semana, pode proibir o abastecimento de carne bovina e suína importada do Brasil]

 

Veja também o  Facebook da Afisa-PR e   @AFISAPR da Afisa-PR